O GUIA FORA DE PORTAS

DA REGIÃO DE SETÚBAL


Rodrigo Leão – O Método

09 Nov 2019
AGENDA REGIONAL | Eventos Destaques SeixalMúsicaSeixal
Rodrigo leao 1 447 298
Rodrigo Leão: piano e tecladosCarlos Tony Gomes: celloViviena Tupikova:
violino e voz Ângela Silva: voz, teclado e metalofoneJoão Eleutério:
teclados, baixo, guitarra e percussão
 

Público-alvo
Maiores de 6 anos.

Duração
75 minutos, sem intervalo.
 

Bilheteira

- Na Ticketline.pt (reservas e informações 24 horas: 1820) e nos locais
habituais.
- No balcão de informações da Biblioteca Municipal do Seixal, de terça a
sexta-feira, das 10 às 19 horas, e sábados, das 14.30 às 19 horas. A
bilheteira do Auditório abre 1.30 horas antes de qualquer espetáculo e
encerra 15 minutos após o seu o início.
 

Rodrigo Leão

É um criador irrequieto, que se recusa a simplesmente gozar as suas
consideráveis conquistas passadas que incluem prémios nacionais e
internacionais, aplausos da crítica, reconhecimento dos seus pares ou
convites para assinar bandas sonoras para êxitos internacionais de cinema.
Por isso mesmo, revela-nos ele, nos últimos dois anos tem estado concentrado
a trabalhar num novo projeto, que busca os entusiasmantes cruzamentos entre a
clássica contemporânea e a eletrónica, por onde têm deambulado músicos
com quem já colaborou como Ludovico Einaudi ou Olafur Arnalds, e até
outros como Nils Frahm. 

Nesse sentido, e para o trabalho que sucederá a Life is Long, projeto
colaborativo assinado com Scott Matthew em 2016, e a Os Portugueses, lançado
pela Sony o ano passado, bem como aos scores para as exposições Florestas
Submersas do Oceanário de Lisboa e O Cérebro, da Fundação Calouste
Gulbenkian, Rodrigo criou cerca de 40 novas peças de que, em conjunto com os
seus colaboradores próximos e coprodutores Pedro Oliveira e João
Eleutério, foram depois escolhidas 15 novas composições que deverão
constar do seu próximo álbum.

«Para a última fase do trabalho decidimos trabalhar com o compositor e
produtor italiano Federico Albanese», explica Rodrigo. «Ele vive em Berlim
e entende bem a confluência desta música com a eletrónica». No próximo
álbum, que Rodrigo Leão refere ser em certos momentos bastante ambiental,
cruzam-se então as suas belíssimas melodias, inspiradas por memórias de
infância e que buscam uma certa ideia de inocência. Há a registar a
participação de um coro juvenil, bem como nomes habituais do seu universo
como a violinista Viviane Tupikova ou a cantora lírica Angela Silva. O novo
registo terá ainda espaço para mais algumas surpreendentes colaborações.
«Ando sempre em busca de novas ideias», justifica Rodrigo.

«Ao vivo quero apresentar esta música em quinteto, comigo, com o João
Eleutério, o Carlos Toni Gomes, a Viviane e a cantora Angela Silva»,
elucida o compositor. O espetáculo contará ainda com uma forte componente
visual em que as ideias de transcendência, inocência e pureza serão
exploradas através de evocativas imagens. «Quero encantar as pessoas,
revelar-lhes aquilo em que penso e com que sonho, transportá-las para o meu
mundo». O concerto antecipará, portanto, um novo projeto, remetendo para o
palco o que nasce primeiro na cabeça do compositor e que depois é fixado em
estúdio. «Mas o palco», garante Rodrigo Leão, «é mesmo o destino final
de todo este trabalho, é aí que ele se resolve, frente a frente com as
pessoas que depois o interpretam à sua própria maneira».
Dds – wdewwe 




 

Espetáculo integrado no programa de comemorações do 183.º aniversário
do concelho do Seixal.
Equipamento:
Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal

AMRS © 2019 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: SPD   wiremaze