O GUIA FORA DE PORTAS

DA REGIÃO DE SETÚBAL


Projeto Litoral EmCena: Teatro nas Freguesias apresenta “Sombras” pelo Teatro Só

13 a 25 Jul 2022
AGENDA REGIONAL | Eventos Destaques Santiago do CacémSantiago do CacémTeatro
Emcena web teatro so julho 404x202 1 447 298
Durante o mês de julho há Teatros nas Freguesias. As localidades do Município recebem, pelas 21h30,  a peça de teatro "Sombras", pelo Teatro Só, que apresenta uma reflexão sobre as emoções de uma vítima de violência doméstica. A iniciativa está inserida no Projeto Litoral EmCena. A calendarização será:

Dia 13 -  Vila Nova de Santo André
Dia 14 - junto à Associação de Moradores do Salão Comunitário de Sonega
Dia 19 - Largo da Junta de Freguesia de Abela
Dia 20 - Largo 25 de Abril, em São Domingos
Dia 21 - Recinto da Antiga Escola Primária, em Alvalade
Dia 22 - Largo dos Caeiros, no Cercal do Alentejo
Dia 23 - Polidesportivo da Cruz de João Mendes
Dia 25 - Parque Verde Quinta do Chafariz, em Santiago do Cacém

Duração: 45 minutos

Classificação: M/6

Entradas gratuitas

Projeto Litoral EmCena: Teatro nas Freguesias apresenta "Sombras" pelo Teatro Só [1]



Sinopse

Seguindo um estilo de encenação que tem sido característico do TEATRO SÓ, “SOMBRAS” propõe uma reflexão sobre o mundo emocional de uma vítima de violência doméstica. Sendo o teatro de rua por natureza acessível e popular, a direção artística, contudo, sempre optou pela abordagem de temas de difícil teor de entretenimento e socialmente estigmatizados, procurando trazer uma dimensão pedagógica e redentora. Nas duas peças anteriores – “SOMENTE” e “SORRISO” – os temas da solidão e velhice dão expressão a um espetáculo interventivo, promovendo a reflexão no público, por via da poesia visual. Estes temas, que são assim resgatados à arena sociológica, são encenados sem palavra e entregues ao público que a eles tem acesso por via de uma coreografia melodramática onde a gramática das emoções vence a eloquência do texto. É justamente neste contexto que é agora trazido a cena “SOMBRAS”, um trabalho que resulta de uma longa pesquisa envolvendo casas de acolhimento, conversas com psicólogos e vítimas. As ações teatrais foram construídas a partir de experiências relatadas. Ao invés da representação da violência, optámos por exprimir as emoções e ações íntimas da vítima. “SOMBRAS” pretende ser uma abordagem intimista, anterior ao exame moral, fazendo do público testemunha involuntária daquilo que não tem lugar na rua: o desconsolo e o desespero de uma vítima.

A abordagem de um tema tão delicado como este, num ambiente de espetáculo de rua, executado em andas e com um exuberante guarda-roupa é também o exorcismo de um velho tabu, de que “entre marido e mulher não se mete a colher”. No meio da rua, “SOMBRAS” é a proposta de um itinerário emocional que visa a redenção pessoal e a reconquista de si mesmo. O TEATRO SÓ acredita num teatro de rua de intervenção social, reflexivo e humanista e crê por isso que é dever do entretenimento ser educativo e sensibilizador.



SOBRE A COMPANHIA

O TEATRO SÓ é uma companhia de teatro portuguesa sediada em Odemira (Portugal) e Berlim (Alemanha) a desenvolver um trabalho multidisciplinar relacionando técnica de máscara, teatro físico, artes circenses e artes plásticas. Todas estas componentes convergem para um teatro imagético, mudo, visualmente poético em que a comunicação entre os atores e o público converge para a potência do gesto.

Os temas em cena tocam diretamente os estigmas sociais, transversais a diversas culturas e gerações, nos quais o público é testemunha de si mesmo, não pelo uso da palavra, mas pela poesia visual e linguagem emocional do corpo. Esta aparente modéstia do TEATRO SÓ salienta a própria simplicidade da condição humana, uma fragilidade radical que qualquer um está qualificado para sentir independentemente da nação, da religião ou da condição social.

Esta dimensão universal do TEATRO SÓ é levada para o espaço público, no qual a expressão artística é acessível a todos. O TEATRO SÓ está sediado em São Luís, Odemira, membro e fundador do Coletivo de artistas Ateneu do Catorze. Em Berlim está sediado na Kunstquartier Bethanien, pertence à plataforma Performance Artists in Bethanien.

O Projeto Litoral EmCena é um projeto intermunicipal promovido pela AJAGATO em parceria estratégica com as Câmaras Municipais de Santiago do Cacém e de Sines e cofinanciado pelo FEDER, fruto da candidatura n.º ALT20-14-2020-02 – Património Cultural.

 

[1] https://www.cm-santiagocacem.pt/wp-content/uploads/EmCena-Flyer_Teatro-So_Julho.pdf
Horário:
9:30 pm - 9:30 pm

AMRS © 2019 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: SPD   wiremaze