O GUIA FORA DE PORTAS

DA REGIÃO DE SETÚBAL


O Indizível – Parte 3

17 Nov 2023
FestivaisSeixal
Espetáculo de Telmo Branco, no âmbito do 40.º Festival de Teatro do
Seixal

Classificação etária: M/ 16 anos

«O Indizível» é uma performance ativista, que cruza as disciplinas de
teatro, dança e sonoplastia, para enfrentar, com sensibilidade, a violência
sexual estrutural e a cultura do silêncio.

«O Indizível» surge da necessidade de desestigmatizar as narrativas de
abuso sexual de um contexto vitimizador, para um contexto de empoderamento.

Sem deixar de encorajar a justiça legal, «O Indizível» explora outro
tipo de justiça, também fundamental, que é a de recuperar o sentido de
valor, propósito e autonomia, abalados pelo ato de agressão sexual.

«O Indizível» pretende remover a violência sexual do universo do
privado, individual e isolado, de forma a contextualizá-la dentro das
estruturas culturais, sociais e políticas que a permitem e perpetuam.

O objetivo desta performance ativista é o de cultivar a esperança, gerar
consciência e encorajar sobreviventes deste tipo de violência a quebrar o
silêncio e/ou a sentirem-se menos sós.

«O Indizível» surge de um longo processo terapêutico, ainda em curso,
desenvolvido em conjunto com o Instituto de Psicanálise de Berlim.

Advertência
O conteúdo desta performance pode ser sensível para pessoas com
experiências de abuso sexual, ou traumas semelhantes. Esta performance
NÃO recria, descreve literalmente, ou expõe graficamente a violência
inerente ao tópico.

Ficha técnica: Criação, performance e sonoplastia: Telmo Branco
(elu/delu) | Operação de som: Rachael Mauney (elu/delu) | Operação de
câmara: Lúcia Pires (ela/dela) e Rachael Mauney (elu/delu) | Edição
fotográfica e de vídeo: Telmo Branco (elu/delu) | Com o apoio de:
Goethe-Institut Lisboa | Apoio à residência: Polo Cultural das Gaivotas |
Financiado por: DISTANZEN Solo | Dachverband Tanz Deutschland e
NEUSTARTKULTUR | Apoio: Acker Stadt Palast (Berlim), Hosek Contemporary
(Berlim), Petr Hosek, Marameo E.V (Berlim), Teatro Papa-Léguas (Lisboa),
Mala Voadora (Porto) e Polo das Gaivotas (Lisboa).

AMRS © 2019 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: SPD   wiremaze