O GUIA FORA DE PORTAS

DA REGIÃO DE SETÚBAL


A Pulga atrás da Orelha

16 a 25 Set 2021
AGENDA REGIONAL | Eventos Destaques SeixalSeixalTeatro
Pulgaatrasdaorelha 1 447 298
De 16 a 18 e de 23 a 25 de setembro (de quinta-feira a sábado)
 

Classificação etária: M/ 12 anos.
Duração: 105 minutos.
 

Bilheteira

- Na Ticketline (reservas e informações 24 horas: 1820) e nos locais
habituais.
- No balcão de informações da Biblioteca Municipal do Seixal, de terça a
sexta-feira, das 10 às 19 horas, e sábados, das 14.30 às 19 horas.
- Na bilheteira do Auditório Municipal, que abre 1.30 horas antes de
qualquer espetáculo e encerra 15 minutos após o seu o início.
 


A peça intemporal «A Pulga atrás da Orelha», do dramaturgo francês
Georges Feydeau, vai subir ao palco do Auditório Municipal com a
encenação de Maria João Luís. Depois de dois dos maiores sucessos do
Teatro da Terra, «O Marido Vai à Caça», em 2011, e «A Dama do Maxim»,
em 2014, ambos de George Feydeau, este espetáculo representa um regresso à
obra do dramaturgo, numa representação repleta de alegria e boa
disposição.

Nesta atuação, a companhia presenteia o público com uma sátira social ao
casamento e à vida da burguesia parisiense do início do século XX.
Raymonde Chandebise, depois de viver durante anos num casamento feliz,
começa a desconfiar do marido, Victor Emmanuel, e decide testá-lo marcando
um encontro num hotel com uma admiradora fictícia. A peça desenrola-se num
carrossel de equívocos, encontros, desencontros e coincidências
improváveis, características clássicas do vaudeville.

«A Pulga atrás da Orelha» é considerado um dos maiores sucessos do
autor, que perpetua o seu lugar no repertório de teatros em todo o mundo e
lhe confirma o lugar entre os melhores dramaturgos de todos os tempos.

 

Ficha técnica

Texto: George Feydeau | Tradução: Cucha Carvalheiro e Manuela Couto |
Encenação: Maria João Luís | Cenografia: Ângela Rocha | Figurinos: Maria
João Luís e Rosário Balbi | Desenho de luz: Pedro Domingos | Elenco:
Hélder Agapito, Maria João Luís, Miguel Sopas, Paulo Duarte Ribeiro,
Sérgio Gomes, Sílvia Figueiredo, Vítor Oliveira, Tobias Monteiro, Filipe
Gomes, Rita Araújo | Produção executiva: Rita Costa | Fotografia: Luana
Santos | Assistência de produção: Filipe Gomes | Direção de produção:
Pedro Domingos | Produção: Teatro da Terra 2020.
 

 

Regras de utilização do Auditório Municipal de acordo com as normas da
Direção-Geral da Saúde


É obrigatório o distanciamento físico de 2 metros no acesso ao
auditório e às bilheteiras (a lotação da bilheteira é de 1 pessoa);

É obrigatório o uso de máscara no auditório e a higienização das
mãos à entrada e à saída do mesmo;

A abertura de portas será feita 1 hora antes do espetáculo;

Recomenda-se a chegada antecipada para evitar maior ajuntamento de
pessoas; 

Os espetáculos têm início à hora marcada;

A lotação é limitada em função do cumprimento das orientações da
Direção-Geral da Saúde para os recintos de espetáculos e espaços
culturais;

Prevê-se a existência de lugares individuais e para coabitantes (2
lugares);

Não existem lugares previamente marcados;

A entrada no auditório e a indicação dos lugares serão acompanhadas por
assistentes de sala. Os espetadores devem cumprir rigorosamente todas as
instruções dos assistentes de sala e não poderão trocar de lugar ou
deslocar-se sem motivo justificado;

Durante o espetáculo o público deve permanecer no seu lugar. No final,
deverá aguardar a indicação dos assistentes para se levantar e sair do
auditório;

Não será permitida a permanência de espetadores no interior do
auditório após o final dos espetáculos;

Nas instalações sanitárias apenas serão permitidas duas pessoas em
simultâneo.


 

 

 

AMRS © 2019 | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: SPD   wiremaze